Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

26
Mai18

Portugal Envelhecido

Albertino Ferreira

 

Portugal é o 4.º país da UE com a população mais envelhecida...

 

 

"Portugal é um dos países da UE mais envelhecidos: em 2016, 20,7% da sua população tinha 65 ou mais anos, valor que só era superado pela Alemanha, pela Grécia e pela Itália. A Espanha registava 18,7%, valor pouco inferior ao da UE no seu conjunto (19,2%). No mesmo ano, o país menos envelhecido era a Irlanda, com apenas 13,2% da sua população a ter uma idade igual ou superior a 65 anos. Em termos ibéricos, em 2016, as regiões NUTS II com mais idosos (65 ou mais anos) eram: na Espanha, a Galiza, o Principado de Astúrias e Castilla y León (as três um pouco acima de 24,0%); em Portugal, o Alentejo (24,7%) e o Centro (23,3%)."

 

env1.png

 

env.png

 

26
Mai18

Os AVC e os Enfartes Matam Mais

Albertino Ferreira

As doenças do aparelho circulatórios (AVC, enfartes e outras) são a principal causa de morte em Portugal, logo seguidas pelos tumores malignos. Nas primeiras, a sua incidência em Portugal é inferior ao que se regista na União Europeia; nos segundos já não é bem assim.

 

Saliente-se que, em ambos os casos, a idade média da morte é inferior à idade da Esperança média de vida, muito mais acentuadamente na morte por tumores malignos. Neste caso, possivelmente não será exagerado afirmar que se está na presença de mortes prematuras.

 A esperança média de vida em Portugal é de 78 anos para os homens e 84,3 anos para as mulheres.

 

"Os tumores malignos causaram 27 357 óbitos, mais 2,7% que em 2015 (26 647 óbitos). Este conjunto de doenças esteve na origem de mais mortes masculinas (59,6%) que femininas (40,4%), com uma idade média ao óbito de 73,1 anos."

 

"Por doenças do aparelho circulatório ocorreram 32 805 mortes, menos 0,2% que no ano anterior. As mulheres continuaram a ser as mais afetadas, representando 55,1% do total de óbitos por estas doenças. A idade média ao óbito foi de 81,1 anos, mais baixa para os homens (78,0 anos) que para as mulheres (83,7 anos). O número de óbitos com idade inferior a 70 anos por esta causa aumentou 0,5% de 2015 para 2016."

 

mort.png

 

 

"Em 2016 registaram-se 110 970 óbitos no país (397 de residentes no estrangeiro), mais 1,9% que em 2015 (109 922 óbitos). As mortes por doença representaram 95,6% do total de óbitos registados no país e as causas externas de lesão e envenenamento estiveram na origem de 4,4% dos óbitos, de que se destacaram os acidentes e sequelas, com 2,6%, e as lesões autoprovocadas intencionalmente e sequelas (suicídio), com 0,9%."

 

"Em conjunto, as doenças do aparelho circulatório (29,6%) e os tumores malignos (24,7%) estiveram na origem de mais de metade (54,2%) dos óbitos ocorridos no país em 2016, constituindo as duas principais causas básicas de morte."

 

mort1.png

 

25
Mai18

No Futuro, Ainda Haverá Portugueses?

Albertino Ferreira

"As projeções de população do Eurostat para o período 2020-2080 apontam para uma acentuada redução da população em Portugal (10,2 milhões em 2020; 7,6 milhões em 2080) e uma ligeira subida em Espanha no final deste período, por comparação com o seu início (46,6 milhões em 2020; 51,0 milhões em 2080). Assinale-se, porém, que estes valores foram revistos em alta para ambos os países, já que no ano anterior as projeções para o final deste período apontavam para uma população de 7,1 milhões em Portugal e 47,6 milhões em Espanha."

Ou seja, as projeções apontam para uma redução da população portuguesa residente superior a 25%!

 

popfut.png

 

23
Mai18

Contribuição das Energias Renováveis para o Consumo

Albertino Ferreira

"No que respeita à contribuição das energias renováveis para o consumo final de energia, Portugal não só estabeleceu um objetivo para 2020 (31%) mais ambicioso do que a Espanha e a União Europeia (20%, em ambos os casos), mas também estava, em 2015, mais perto de alcançar a sua meta, atingindo 28% (Espanha: 16,2%; UE: 16,7%)."

 

conenren.png

 

22
Mai18

Pela Ecopista do Rio Minho

Albertino Ferreira

Um percurso fabuloso, de que os vizinhos espanhóis tiram muito bom proveito, desde Vila Nova da Cerveira até à Senhora da Cabeça, em Valença do Minho.

Reparos sobre a sinalização, que poderia ser melhor, a ausência de caixotes do lixo em boa parte do percurso e alguma preocupação sobre a viabilidade de socorro a algum caminheiro, em caso de necessidade.

Muitos parabéns ao Centro Social, Cultural e Desportivo dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Espinho (CCD) por mais esta magnífica iniciativa.

 

IMG_20180519_101619.jpg

 

IMG_20180519_102819.jpg

 

IMG_20180519_102826.jpg

 

IMG_20180519_104456.jpg

 

IMG_20180519_113353.jpg

 

IMG_20180519_113437.jpg

 

IMG_20180519_151902.jpg

 

IMG_20180519_152611.jpg

 

IMG_20180519_152658.jpg

 

IMG_20180519_171956.jpg

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D