Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

30
Set18

Gravidez na Adolescência

José Pacheco

A questão da gravidez na adolescência não assume, em Portugal, a acuidade que se poderia julgar, a atender por notícias da comunicação social não faz muito. Felizmente que assim é. Não significa que o problema não exista, ao contrário, Portugal precisa de fazer mais, para se juntar resolutamente aos melhores exemplos da Europa, pois mais de oito gravidezes por cada mil mulheres na faixa etária dos 15 aos 19 anos é um valor que não se pode ignorar.

 

gravAdol.png

 

30
Set18

A laicidade custou muito a conquistar

José Pacheco

A maioria dos portugueses parece abrir mão com muita facilidade do que tanto custou a conquistar e nem sequer está plenamente atingido.

Acresce o perigo potencial de certas visões do mundo, não é possível negá-lo, que não deixará de se concretizar se lhes for permitido alcançar a dimensão suficiente.

A tolerância com o atavismo é fechar as portas ao progresso, ao respeito e à dignidade do ser humano.

 

chartoftheday_15488_share_saying_muslim_women_in_t

 

28
Set18

Comprar Casa Sai Mais Barato do que Arrendar

José Pacheco

O esforço das famílias portuguesas para pagar a prestação ou a renda da casa é inferior à média da OCDE. E verifica-se, ainda, que é mais vantajoso comprar casa própria do que arrendar, caso em que se paga mais. De modo que, se a opção radicar apenas no custo financeiro a suportar, o melhor é pedir empréstimo para comprar.

 

DeXItMzW4AAW3Pc.jpg

 

 

 

26
Set18

Esperança de Vida com Saúde à Nascença, Ambos os Sexos

José Pacheco

A Esperança de Vida com Saúde à Nascença, Ambos os Sexos, em Portugal, 72 anos em 2016, é inferior à esperança média de vida - 80,78 anos em 2017 - o indicador que mais se utiliza. Todavia, para a definição das questões relacionadas com a idade da reforma se devesse utilizar preferencialmente o primeiro porque, embora os anos de vida sejam da maior importância, os anos de vida em que se goza de saúde plena o são ainda mais.

No panorama europeu, não se pode dizer que Portugal esteja mal, embora seja sempre preferível estar numa melhor posição.

 

anos saúde.png

 

25
Set18

O Tabaco Amigo dos Impostos

José Pacheco

O Tabaco mata? Tudo indica que apressa esse fim infeliz. Há quem não acredite. Mas de uma coisa não deve duvidar: quem fuma paga muito imposto. Já em 2014, indica a Organização Mundial da Saúde, os impostos representavam 79,60% do preço final do maço de cigarros em Portugal, uma das cargas fiscais mais pesadas sobre o tabaco na Europa, incluindo países da Ásia ocidental.

 

cigarros.png

 

Pág. 1/8

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub