Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

02
Ago19

Dinheiro para férias, quem o tem?

Albertino Ferreira

Em Portugal, mais mais de 40% dos portugueses não consegue juntar para ter uma semana de férias. Uma das maiores percentagens da UE. Os trabalhadores, do presente e do passado, ganham mal, é conhecido. Infelizmente, quando lutam para aumentar o seu salário nem sempre são compreendidos pela população. E nesta hostilização as televisões desempenham um grande papel.

chartoftheday_18861_hare_of_the_population_who_can

 

29
Jul19

Portugal dos carentes

Albertino Ferreira

O rendimento disponível dos portugueses, particularmente os trabalhadores e pensionistas, é dos mais baixos na União Europeia. Esta realidade triste não é nova, é certo, mas a sua continuação devia ser chocante. Os portugueses já estão tão habituados que não acreditam que seja possível qualquer alteração e muitos até reagem com raiva contra aqueles que não desistem de a alterar. O que talvez seja o mais terrível. 

Então, o que se deverá fazer? Aumentar significativamente os salários, naturalmente, todos, o salário mínimo nacional também, e as pensões.

rdm.png

 

04
Jul19

A Alemanha e as suas províncias

Albertino Ferreira

D-jRCRPX4AAgQAb.png

A UE é isso faz boé de tempo; Manipuladores e românticos sempre negaram o que altos responsáveis não esconderam. Isso em nada alterou a realidade; facilitou é que ficasse pior, como é evidente da resolução do Conselhoe Europeu de há dias.

Hoje a UE com mais objetividade se pode denominar a Alemanha e as suas províncias. 

A amarga realidade é essa, com a UE e o Euro a Alemanha atual conseguiu o poder sobre boa parte da Europa que a Alemanha no tempo de Hitler procurou alcançar com a invasão e a guerra.

03
Jul19

O Governo está a destruir o país, sabe e não se importa

Albertino Ferreira

O investimento público é baixíssimo e o investimento total, público e privado, também, não retira Portugal dos últimos lugares.

O governo tudo sacrifica aos interesses de quem manda no euro, e aos agiotas da banca, ou, na sofistica linguagem oficial, o governo prioriza as boas contas públicas, que é como quem diz, "pobres mas honrados", é o antigamente aí outra vez e em força.

D7zoVwpWwAEnP7B.jpg

D75nX2xXYAEqtCj.png

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D