Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

24
Ago20

O mundo terminal de Greta Thunberg

Albertino Ferreira

Um mundo sem veículos a motor - carros, aviões e outros;

sem comboios, a diesel pelo menos;

sem estradas alcatroadas;

com hospitais e serviços médicos da idade da pedra (o que seria dos hospitais sem os plásticos...)

sem telemóveis, televisão, computadores;

sem as roupas modernas;

sem muitos cosméticos;

e uma miríade de bens, tudo o que existe porque na sua confeção entram produtos derivados do petróleo. 

Até as bicicletas seriam impossíveis! Como? Porque precisam de pneus e sem petróleo não há pneus!

Surpreendidos? É um exagero?

É só ler a carta aberta que escreveu aos governantes da UE e aos "líderes mundiais"! Ela mais uns quantos. Basta ver o primeiro ponto:

"Effective immediately, halt all investments in fossil fuel exploration and extraction, immediately end all fossil fuel subsidies and immediately and completely divest from fossil fuels"

("Com efeito imediato, interromper todos os investimentos na exploração e extração de combustíveis fósseis, encerrar imediatamente todos os subsídios aos combustíveis fósseis e desinvestir imediata e completamente nos combustíveis fósseis"

 A economia paralisaria. Os preços subiriam para a estratosfera! Centenas de milhões iriam para o desemprego.

Seria o colapso de toda a civilização, o genocídio de milhares de milhões de seres humanos.

Impossível de acreditar...

É uma realidade. Lunáticos não faltam neste mundo. Que recebam prémios de um milhão de euros, sejam seguidos por uma numerosa audiência e recebidos por governantes de países da UE é que não há muitos.

23
Set19

Os Amish não serão a solução?

Albertino Ferreira

Está gerada uma grande polémica sobre as mudanças climáticas. Há de tudo, como na farmácia, muitas declarações, em regra vagas e de concordância universal, doses massivas de histerismo, falta de transparência também, enfim, um cocktail cujo sabor ainda falta apurar. Há quem fale também que o que vem por aí é o eco fascismo.

O que sobressai nas declarações da figura mais mediatizada do movimento é a generalidade das suas afirmações, que geram até alguma intranquilidade (If you belong to the small number of people who feel threatened by us, then we we have some very bad news for you: This is just the beginning. Change is coming - like it or not.) quando as soluções passam sempre por medidas concretas. 

Neste domínio, do concreto, há vários exemplos de organização social que se podem apresentar. Um encontra-se nos EUA, os Amish. 

Será esse tipo de sociedade que têm em mente? Se sim, porque não o defendem abertamente?

amish.png

amish-1.jpg

quem-sao-os-amish-667x400.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D