Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

04
Dez18

Os estudos dão anos de vida

Albertino Ferreira

O quadro mostra que a esperança média de vida em Portugal supera a média da União Europeia, que em 2016 um português na casa dos 30 anos e com poucos estudos poderia esperar viver mais cerca de 45 anos, e com estudos superiores 52 ou mais anos. O nível educacional contribui para aumentar os anos de vida, embora este fator seja mais sensível no caso dos homens e menos nas mulheres, o que me parecer ser uma tendência comum a quase todos os países.

Dss50o0WsAE0tRL.jpg

 

03
Out18

Maus hábitos alimentares? Menos saúde!

Albertino Ferreira

"De acordo com as estimativas efetuadas no âmbitoa iniciativa GBD – Global Burden of Disease (The Institute for Health Metrics and Evaluation (IHME), em 2014, os hábitos alimentares inadequados foram o fator de risco que mais contribuiu para o total de anos de vida saudável perdidos pela população portuguesa (19%), seguidos da hipertensão arterial (17%) e índice de massa corporal elevado (13%), expressos em DALY (Disability Adjusted Life Years - 1 DALY corresponde à perda de um ano de vida saudável)". INE, PORTUGAL Alimentação Saudável em Números – 2015

 

anosvidasaudável.jpg

 

01
Out18

Os Homens Tombam que Nem Tordos

Albertino Ferreira

Nos 'melhores' anos de vida, entre os 15 e os 60 anos, a mortalidade masculina ultrapassa a feminina em mais de 2,5 vezes. Porquê esta discrepância? Que fatores a podem explicar? O homens correm mais riscos na vida?

Algumas razões ponderosas devem existir, até porque é um fenómeno geral, não uma especificidade portuguesa.

Centrando-nos novamente no nosso país, Desde o ano 2000, a mortalidade adulta diminuiu em Portugal, mas aquela relação agravou-se, uma vez que, no inicio do século, era de 2,33 vezes. 

Logicamente, uma das consequências visíveis desta situação é o número de mulheres superar o dos homens, entre meados dos anos 20, quando até aí, as raparigas são mais do que os rapazes, dado que nascem mais meninos do que meninas.

 

maP.png

 

03
Set18

Com a Idade Aumenta a Diferença Salarial entre Homens e Mulheres

Albertino Ferreira

Pode afirmar-se, de acordo com o gráfico, que, em Portugal, se verifica a tendência do aumento do salário dos homens relativamente ao das mulheres com o avançar dos anos; é principalmente a partir dos 35 anos que a diferença começa a acentuar-se.

 

1ds_I.png

 

De uma forma geral, a tendência acima referida, observa-se igualmente na UE, como mostram os gráficos seguintes. Que, do mesmo modo, comprovam que Portugal é dos países onde as mulheres são mais discriminadas no vencimento.

2ds_25.png

 

3ds_2534.png

 

 

4ds_3544.png

 

 

5ds_4554.png

 

 

6ds_5564.png

 

7ds_65.png

Finalmente, chama a atenção o facto de, em 4 gráficos, a situação das mulheres na Alemanha ser pior do que em Portugal; o que atesta que não é por a chefe do governo ser uma mulher que a situação geral destas melhora; pelo menos no que toca ao vencimento - isto é, ao reconhecimento social da atividade da mulher na esfera económica - não é assim...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D