Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

21
Fev19

A geração mais nova tem maior formação académica superior

Albertino Ferreira

Isso é uma evidência no nosso país; mesmo assim continuamos bastante atrasados em relação a outros, e nem sequer fomos dos que mais melhorámos nos anos considerados.

Outra questão é a de saber se o país está preparado para receber os jovens (ou quer) com esse nível de formação.  A realidade é que muitos se veem obrigados a demandar terras estrangeiras para encontrar colocação compatível, o vencimento adequado, e outros, que ficam, sujeitam-se a empregos pouco ou nada conformes com as suas habilitações.

DxnHDPkW0AA_48i.jpg

 

25
Nov18

Despesas com a Educação muito abaixo da média da OCDE

Albertino Ferreira

A OCDE designa os investimentos na Educação como despesa, seja. Mas, como se observa, a parcela da despesa com a Educação em Portugal, no total da despesa pública está muito abaixo da média da OCDE. E isso num país como o nosso, com um pesadíssimo atraso educacional, que urge recuperar.

 

Dq_2d3fWkAA4uAa.jpg

 

12
Set18

Grande salto na formação superior

Albertino Ferreira

Portugal deu um grande salto na formação superior da sua população, dos seus jovens, depois do 25 de Abril de 1974.

Mas ainda continua abaixo da média da OCDE.

E, talvez pior, não aproveita devidamente os quadros que forma, com tanto esforço das famílias e do Estado. A prova, a emigração de jovens formados e outros que conseguem emprego mas em atividades não conformes com a preparação académica que alcançaram.

DjcMkGiX4AAwXwA.jpg

 

16
Ago18

Relativamente um pouco melhor no financiamento do ensino secundário

Albertino Ferreira

No ensino secundário, Portugal volta a encontrar-se no grupo de países com financiamento por aluno mais baixo. Mesmo assim, encontra-se em melhor posição relativa do que nos outros níveis de ensino, isto é, é maior o número de países que gasta menos.

 

s1.png

 

s2.png

O financiamento do ensino secundário sofreu com a crise também; contudo tem tendência crescente no período considerado e, sem atingir os valores de 2013, recupera um pouco em 2015 relativamente a 2014.

s3.png

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D