Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

16
Jun19

Uma economia de baixo perfil tecnológico

Albertino Ferreira

A nova riqueza criada no processo produtivo - o valor acrescentado bruto (por hora de trabalho) - é baixa em Portugal, inferior à média da União Europeia; por regiões é no centro, norte e Açores que a situação é pior. O que significa que a nossa economia se baseia em atividades de baixo perfil tecnológico, mais para o tipo extrativo ou de mera montagem dos produtos, em resumo, é pouco desenvolvida.

DuSYCvCXQAAQr_W.jpg

 

23
Mai19

O governo ainda goza com os preços da electricidade

Albertino Ferreira

Portugal tem das eletricidades mais caras da União Europeia (e gás também). A carga fiscal sobre a eletricidade é a 2.ªa maior da UE.  Ou seja, o preço não é mais baixo porque o governo não quer, prefere gozar ainda quando lhe colocam as questões.

É evidente que o governo só tem esse comportamento afrontoso porque sabe que, faça o que fizer, os prosélitos lá vão colocar todos o voto no PS.

 

11
Mai19

Abandono precoce da escolaridade

Albertino Ferreira

É duvidoso que Portugal - dos países com maior abandono escolar precoce - consiga atingis os objetivos que fixou para diminuir a percentagem de jovens apenas com o 9.º ano ou menos. O tipo de alunos que está em causa exige uma atenção particular, pouco compatível com a sua inserção nas turmas "normais" com dezenas de alunos.

D45k-2_X4AA4BL2.jpg

Depois, é sempre o velho problema, para os alunos "carenciados" vai toda a atenção; os bons são abandonados, coçam as calças em aulas que para eles são imensamente aborrecidas, quando precisavam de ser estimulados para desenvolver todas as capacidades que têm.

08
Mai19

É tudo para arder.

Albertino Ferreira

Portugal é o país com maior número do fogos florestais. Seria de esperar que fosse dos países que investisse mais nos serviços de combate aos fogos, bombeiros e relacionados, mas não é, é dos que se esforça menos.

Surpresa? Certamente, mas há toda uma indústria de combates aos fogos... e depois, aplicar dinheiro nesses serviços faz mal às contas públicas, O Centeno de certeza que jura. O que querem, as florestas ainda não são bancos.

D5qwD4tXkAAxl9X.jpg

 

D5qwD5MWwAI037c.jpg

 

 

 

 

 

01
Mai19

Trabalha-se muito, ganha-se pouco

Albertino Ferreira

É uma máxima que se aplica perfeitamente a Portugal, dos países com mais horas semanais de trabalho e também dos que têm menor nível salarial, como é conhecido.

E assim se mantém porque é esse o interesse da classe empresarial e os sucessivos governos e presidentes ao longo destes anos todos, por muito que digam o contrário, mas a verdade é como ela é, de facto, não como andam a cantarolar que é.

O tempo, as estatísticas, são como o algodão, não enganam.

Responsabilidade têm também os trabalhadores portugueses, que muitos se contentam, ou resmungam sempre contra os outros, mexerem-se eles para resolver os seus problemas é que não.

D5AEV55X4AAqXI3.png

 

D41LvJMXoAA46CM.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D