Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

02
Ago19

Dinheiro para férias, quem o tem?

Albertino Ferreira

Em Portugal, mais mais de 40% dos portugueses não consegue juntar para ter uma semana de férias. Uma das maiores percentagens da UE. Os trabalhadores, do presente e do passado, ganham mal, é conhecido. Infelizmente, quando lutam para aumentar o seu salário nem sempre são compreendidos pela população. E nesta hostilização as televisões desempenham um grande papel.

chartoftheday_18861_hare_of_the_population_who_can

 

26
Jun18

Before Capitalism, Medieval Peasants Got More Vacation Time Than You. Here’s Why

Albertino Ferreira

chain_ball.jpg

 

Go back 200, 300 or 400 years and you find that most people did not work very long hours

By Lynn Parramore

 

Plowing and harvesting were backbreaking toil, but the peasant enjoyed anywhere from eight weeks to half the year off. The Church, mindful of how to keep a population from rebelling, enforced frequent mandatory holidays. Weddings, wakes and births might mean a week off quaffing ale to celebrate, and when wandering jugglers or sporting events came to town, the peasant expected time off for entertainment. There were labor-free Sundays, and when the plowing and harvesting seasons were over, the peasant got time to rest, too. In fact, economist Juliet Shor found that during periods of particularly high wages, such as 14th-century England, peasants might put in no more than 150 days a year.

 

Continuar a ler 

 

O tempo de trabalho é uma relação social, nada tem de natural, como julga o senso comum; que é habilidosamente explorado pelos que detêm o poder para impôr longas jornadas de trabalho que correm a seu benefício, principalmente, não dos que trabalham de 'sol a sol'

17
Mai18

Uma Semana de Férias Fora de Casa É Uma Miragem Para Muitos Portugueses

Albertino Ferreira

É visível que os portugueses, de uma forma geral, estão ligeiramente mais desafogados no que ao nível de rendimentos diz respeito.

Infelizmente, os dados continuam a mostrar que isso continua a ser muito pouco; pois muitos, mais de 40% (2 em cada 5), não ganha o suficiente para suportar os gastos com uma semana de férias fora da residência habitual.

Esses valores colocam o nosso país no nada invejável 10.º lugar entre os 33 países europeus analisados, sendo de notar que somos o 1.º país da Europa ocidental com essa situação insatisfatória.

 

DbpFiXDU0AEerCO.jpg

 

DbpFiNZV4AEsXdJ.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D