Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

17
Jun18

Nascimentos Fora do Casamento Registado

Albertino Ferreira

 

Em Portugal, mais de metade dos nascimentos ocorrem já fora do casamento registado; estamos em 7.º lugar na União Europeia por esse indicador.

 

nfc.png

 

Observando-se por regiões, é na região norte que menos se nasce fora do casamento tradicional. A maior influência da Igreja Católica deve ser o principal fator explicativo.

 

nfcr.png

 

 

03
Mai18

Os Nascimentos não Compensam as Mortes

Albertino Ferreira

 

É preocupante, há nove anos que acontece e está a ficar pior: Em Portugal, os nascimentos são inferiores às mortes, segundo o Instituto Nacional de Estatística.

Em 2017, os nascimentos ficaram atrás das mortes em 23432; o que representa um drástico agravamento face a 2010,quando a diferença, já má, se ficou pelos 4573.

No primeiro ano referido, nasceram 86154 crianças, a maioria meninos – 51,15% - o que contraria a crença de que nascem mais meninas.

É de sublinhar o facto de mais de metade ter nascido fora do casamento formalmente celebrado, proporção que está em aumento, muito pela influência do forte acréscimo do nascimento de bebés, cujos pais nem sequer vivem em coabitação, isto é, na mesma casa.

A maternidade ocorre principalmente entre os 20 e os 34 anos; depois dos 35 anos o seu valor, embora em aumento, ainda não chega a um terço do total; antes dos 20 anos da mãe, sua ocorrência é residual – 2,5% do total - e está em diminuição.

Finalmente, é no mês de setembro que se observa o maior número de nascimentos, enquanto o menor ocorre em fevereiro.

 

DcNLKkkWsAYBTqd.jpg

 

chartoftheday_13556_la_france_championne_des_bebes

Valores de 2016

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D