Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

13
Fev20

Destruir a humanidade, salvar o planeta

Albertino Ferreira

As ditas energias renováveis fazem, cara a eletricidade, arruínam o nível de vidas das pessoas e a economia, em Portugal e na UE. O destino será a insignificância face a outros  que não entram nessa histeria. Os negócios que sobreviverem em Portugal e na UE procurarão ser competitivos, evidentemente. Como o fazer com custos da energia tão elevados? Um dos meios será tentar esmagar os salários e as condições de trabalho...

ERX0OcjXYAALREK.jfif

 

15
Jan20

Pobreza energética em Portugal

Albertino Ferreira

Portugal é dos países da UE com maior pobreza energética.

Depois bens instalados na vida, campeões do turismo climático, viajam pelo mundo para estar em todas as conferâncias, passeiam-se por tufo o que é rádio e televisão, aparecem a defender mais impostos, taxas ou  métodos de produção elétrica mais caros.

Este é o caso mais extremo, evidentemente, há outros que senten dificuldades também para aquecer devidamente a sua casa,

inability-to-keep-home-warm-jan-2020.png

 

 

 

 

08
Dez19

Muito cara está a eletricidade.

Albertino Ferreira

Já se sabia que a eletricidade em Portugal é das mais caras da União Europeia. Mas agora fica a saber que é assim entre os países da OCDE também. Ainda, como se pode verificar pela tabela, o preço da eletricidade doméstica é superior à da indústria.

eletricidade.jpg

Porque será assim? Haverá alguma relação entre os preços elevados e a quantidade de eletricidade produzida pelas fontes renováveis? Parece que sim, é o que sugere o gráfico. 

eletricidade1.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D