Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

14
Jun19

Portugal, eleições para o PE

Albertino Ferreira

O PS desce em percentagem, mas sobe em números de deputados, são as nuances da conversão dos votos em deputados eleitos.

No seu conjunto, os três grandes partidos que suportam a permanência de Portugal na UE - PS, PSD e CDS - continuam a perder peso eleitoral, o que será compensado pelo BE, que é um forte partidário da permanência também.

Embora não totalmente, uma vez que em 2009 elegeu 3 deputados, este partido recuperou do perdido em 2014, em parte porque fez das eleições presidenciais, onde apresentou Marisa Matias, uma pré-campanha destas Europeia.

A CDU recua face às eleições anteriores, mas melhor do que as de 2009, onde só tinha eleito um deputado.

O PAN obtém um eurodeputado, foi muito comentado, mas parece ser em troca de Marinho Pinto, que não foi eleito, desta vez.

Aliás, se forem considerados tradicionais PS, PSD, CDS, BE, CDU, verifica-se que, no conjunto, estes partidos/coligação deixaram fugir apenas um deputado, enquanto que tinham sido dois, para o MPT, em 2014.

P19.png

 

P14.jpg

 

 

04
Mai19

O que pode e o que não pode

Albertino Ferreira

Perdoar a divida de multimilionários à banca, incluindo à Caixa Geral de Depósitos? Pode.

 

Entregar milhares de milhões aos banqueiros, atender a tudo o que pedem? Pode!

 

Satisfazer as necessidades e fazer justiça a quem trabalha? Credo, abre núncio, isso arruína as contas públicas, não pode!

 

Pronto, estamos conversados.

 

02
Mai19

Presidente, por ordem de Trump

Albertino Ferreira

D5ZVCh7W0AAEI7f.jpg

É estranho, costumam ouvir-se preocupações com o avanço da extrema-direita em países da União Europeia. Até os círculos oficiais as manifestem. 

Mas não são poucos desses preocupados que ficam em silêncio ou apoiam, como é o caso dos governos, as golpaças da extrema-direita na Venezuela.

O papel dos EUA é particularmente escandaloso. Como se sabe por lá caiu o Carmo e a Trindade com a acusação de que a Rússia tinha interferido, ao ponto de eleger o Trump.

Mas acham natural a criminosa interferência nos assuntos internos da Venezuela. Absolutamente surreal.

Finalmente, sublinhe-se o papel servil e particularmente vergonhoso do governo do PS e do Santos Silva, sempre obedientes ao Trump.

Dizem-se socialistas, mas estariam contra Allende e a favor do golpe de Pinochet, essa é que é a triste e amarga conclusão.

59582901_843988525949052_5490459807775195136_n.jpg

 

09
Abr19

As sondagens indicam que a maioria dos eleitores não valoriza os deputados que trabalham

Albertino Ferreira

Dizer mal dos deputados é o desporto nacional favorito, até talvez mais do que o futebol, mas, chega-se às eleições e o que se constata é que a grande maioria dos eleitores não valoriza os deputados que mais trabalham, optando sempre por manter os que menos fazem. 

57049170_381687365760396_5046229880061034496_n.jpg

Nota importante o João PImenta entrou a meio do mandato. Se lhe adicionarmos as 121 perguntas feitas pela Inês Zuber (deixou o Parlamento Europeu para ser mãe, uma vez que as regras do PE não permitem que uma deputada possa suspender o mandato por motivos de gravidez), seria o terceiro deputado mais produtivo!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D