Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

02
Mai19

Os gastos militares no mundo e as mentiras que caem

Albertino Ferreira

O SIPRI acaba de divulgar as despesas militares no mundo, em 2018, dados muito clarificadores da realidade e que desmontam várias das aldrabices com que nos tentam manipular.

Resulta evidente que, se de ameaças se fala, a grande ameaça são os EUA, que gastam como ninguém mais.

A suposta ameaça militar russa fica a ridículo, na Europa até a França tem despesas militares maiores.

E pelo cano do esgoto vai também essa ideia peregrina de que a União Europeia precisa de um exército próprio. Uma vez que os números desmostram que na Europa são os páises da União Europeia que de longe mais gastam em com a dita defesa.  Os números estão aí. O problema da UE não são militares a menos, mas a mais.

D5TWmkKXoAAHOnD.jpg

A NATO constantemente está a matraquear sobre a suposta ameaça da Rússia. Ora, os números são arrasadores, o orçamento militar dos países da Nato ultrapassa os 960 mil milhões de dólares, enquanto o da Rússi é de pouco mais de 61 mil milhões. Os responsáveis sabem disso, mas não têm qualquer topete em mentir sobre a suposta ameaça russa.

D5TqhOMXsAAu9ri.jpg

O mundo desperdiça demasiado dinheiro com a loucura dos armamentos; os EUA, por si só,  asseguram 36% dos gastos totais, e não estão satisfeitos, querem mais, quando o que deveriam era liderar o mundo para a diminuição de todas essas despesas inúteis e perigosas. Dessa forma seriam admirados. Não é com mais armas que aumentarão o seu prestígio.

D5TIQw0XoAEEGQQ.jpg

É sintomático o silêncio que caiu sobre este relatório; o poder instalado, os seus governos e comunicação social não querem que a população se aperceba como eles estão sempre a aldrabar.

19
Ago18

As Pussy Riot

Albertino Ferreira

As Pussy Riot estiveram em Portugal; foram objeto de alguma atenção comunicacional, não pelas suas qualidades musicais, antes pelo posicionamento político que dizem ter.

Pelos vistos, agora vale de tudo para se promover certas políticas. 

Mas se é assim, se é o posicionamento político que prevalece, então que se conte tudo.

 

Os interessados podem ver aqui e aqui

 

São dois links para o Google. O que não impediu o Facebook de me castigar por 24 horas por ter colocado o segundo. 

17
Jul18

As maiores economias do mundo

Albertino Ferreira

Os EUA continuam a ser a maior economia do mundo, pelo método de cálculo do Banco Mundial, mas não se sentem seguros, daí a guerra que iniciou contra tudo e contra todos, particularmente a China.

 

Portugal não faz parte de grupo dos maiores, está em 47.º lugar, o que não é mau a nível global, mas podíamos estar melhor.

econo.png

 

06
Mai18

Os Gastos Militares no Mundo

Albertino Ferreira

 

dm1.png

 

Em 2017, as despesas militares voltaram a aumentar, segundo o SIPRI, atingiram os 1739 biliões de dólares, representando 2,2% do Produto Interno Bruto Mundial, ou 230 dólares por cada habitante dos mais de 7500 milhões que o mundo tem.

Os países com maior orçamento militar são:

1.º

Estados Unidos da América

610 mil milhões de dólares

2.º

China

228 mil milhões de dólares

3.º

Arábia Saudita

69,4 mil milhões de dólares

4.º

Rússia

66,3 mil milhões de dólares

5.º

Índia

63,9 mil milhões de dólares

6.º

França

57,8 mil milhões de dólares

7.º

Reino Unido

47,2 mil milhões de dólares

8.º

Alemanha

44,3 mil milhões de dólares

Como se observa, os gastos militares dos EUA, além de serem os maiores do mundo, superam as despesas conjuntas dos outros sete países que os seguem.

No que se refere a blocos militares, a Nato, com 29 países, é senhora das maiores despesas militares mundiais, 900 mil milhões de dólares, mais de metade (52%) do total mundial.

Ao nível dos países, é da China o maior acréscimo absoluto em 2017, um montante de 12 mil milhões de dólares, a preços de 2016. Mantendo-se no segundo lugar a nível mundial, longe dos EUA, os gastos militares da China representam 13% do total, quase três vezes mais do que eram em 2008 – 5,8% do global.

Do lado contrário, destaca-se a Rússia, que diminuiu sensivelmente o seu orçamento militar relativamente a 2016, menos 13,9 mil milhões de dólares, uma quebra de 20%, sendo o país que mais emagreceu o orçamento militar.

 

dm.png

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D