Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

03
Jan19

São mais as vozes do que as nozes

Albertino Ferreira

Os EUA gritam com a China, mas nem há razão para tanto; afinal o diferencial da médias das taxas alfandegárias que ambos aplicam é apenas e 1,9 pontos percentuais. Há países com barreiras aduaneiras maiores, o México, por exemplo. Por isso, as motivações dos EUA não devem ser somente ou principalmente de natureza comercial...

DtUsSuYXgAAn9au.jpg

 

 

 

23
Out18

O Crédito para as PME's é Caro em Portugal

Albertino Ferreira

As Pequenas e Médias Empresas de Portugal são das que maior esforço têm de fazer para se financiar junto da banca. Embora a taxa de juro sobre os empréstimos tenha vindo a diminuir, continua a ser das mais elevadas entre os países da OCDE. É um grave constrangimento para a competitividade dessas empresas, seja nos mercados externos, seja no interno.

DgtIKAKWAAAq-30.jpg

 

O problema fica mais alarmante se se tiver em conta que as PMEs são as grandes empregadoras no país, assegurando quase 80% do emprego total!

Dggs-uAjXcAACoip.jpg

 

16
Set18

A 5.ª Eletricidade Mais Cara da UE

Albertino Ferreira

Portugal tem a 5.ª eletricidade mais cara da União Europeia para as famílias. O que se deve aos impostos e às taxas, pois sem a carga fiscal ficaria das mais baratas. 

 

DeblMD8WkAAII8u.jpg

 

Na União Europeia, e mais uns quantos países, Portugal é detentor da nada invejável 3.ª carga fiscal (impostos + taxas) mais pesada sobre o preço médio da eletricidade doméstica. Somente na Alemanha e Dinamarca se paga mais. Como são impostos indiretos resultam mais injustos, pois são iguais para os mais possidentes e para os menos.

 

impostos.png

 

 

 

 

03
Jun18

A Mortalidade Supera a Natalidade desde 2008

Albertino Ferreira

Portugal não está a conseguir fechar a brecha que se abriu entre a natalidade e a mortalidade desde 2008.

 

"No período 2007-2016, a evolução das taxas de natalidade e de mortalidade seguiram evoluções distintas nos dois países ibéricos. Portugal passou de valores muito próximos no início (natalidade: 9,7‰; mortalidade: 9,8‰), para uma maior diferenciação em 2016 (natalidade: 8,4‰; mortalidade: 10,7‰). A Espanha tinha, em 2007, taxas de natalidade e mortalidade de 10,9‰ e 8,5‰ respetivamente, terminando este período com valores quase iguais em ambas: 8,7‰ e 8,8‰, respetivamente."

 

nat.png

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D