Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Artigos Meus

Artigos Meus

21
Mai20

O Programa de Estabilidade 2020 e quem pagará as medidas de combate à «COVID 19»

Albertino Ferreira

21754292_qfJFC.jpeg

Neste estudo o economista Eugénio Rosa analisa as diversas medidas aprovadas pelo governo de apoio às famílias e às empresas.

Os seus custos, os valores de despesa previstos pelo governo no Programa de Estabilidade 2020 que apresentou à Assembleia da República, e quem vai suportar os custos que são enormes – Orçamento do Estado ou Segurança Social.

Está prevista uma despesa que permite pagar o “lay-off” apenas a 792.000 trabalhadores quando no fim de Abril já estavam inscritos 1.328.000 trabalhadores.

Demonstra-se que se for o Orçamento do Estado só pode ser feito com receitas de impostos. Se for a Segurança Social poderá por em causa a própria sustentabilidade da mesma.

E conclui que, há mais vida para além do “coronavírus” e é preciso que o medo não paralise em casa os portugueses pois, caso contrário, as consequências da hecatombe económica, social, e a perda de direitos ultrapassarão certamente as do “COVID 19”:

(523.000 trabalhadores inscritos para “lay-off sem cobertura na despesa prevista no Programa de Estabilidade 2020 apresentado pelo governo, o desemprego, a falta de rendimentos, e a miséria estão a alastrar por todo o país perante o silencio e passividade causado pelo “coronavírus”).

Espero que este estudo possa ser útil para a reflexão e debate sereno e objectivo sobre situação actual que é grave também a nível económico, social e de perda de direitos dos trabalhadores, perante o silêncio da comunicação social que só fala de infectados e de mortes causada pelo «coronavírus».

21812243_h9dUA.gif

Para Ler:

 

Com a devida vénia: 

O CASTENDO

18
Out19

Disparam as greves nos EUA

Albertino Ferreira

O movimento grevista volta a estar em alta nos EUA, depois de dezenas de anos adormecidos. Os EUA são um país de grandes greves, ao contrário da imagem divulgada de paz social. Quais os motivos do reacender da chama? Serão vários. Um deles assenta na guerra alfandegária contra a China. Isso provoca o aumento do preço de bens de largo consumo. O que obriga ao aumento de salários, que são particularmente baixos, o que, geralmente, nunca acontece sem a luta dos trabalhadores. Resta ainda saber dos desenvolvimentos políticos do atual movimento dos trabalhadores. O certo é que a montanha está a mover-se.

chartoftheday_19407_number_of_striking_workers_in_

 

13
Ago19

CETA - L'IMPOSTURE EXPLIQUÉE À CEUX QUI L'ONT VOTÉE (ET AUX AUTRES)

Albertino Ferreira

Os problemas para os agricultores, consumidores e trabalhadores franceses são os mesmos para os portugueses. Todos ficarão a perder. O clima também sairá imensamente prejudicado. Esse tratado não altera, reforça o sistema, o que está a destruir o ambiente, os direitos dos cidadãos e o futuro. Inacreditavelmente, #GretaThumberg declarou não ter opinião sobre o tratado, apesar de organizações de jovens pelo clima se terem oposto a ele claramente.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D